terça-feira, 22 de julho de 2014

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Grandes beiças





António Guterres foi e será sempre, pelo menos para mim, um dos políticos mais sérios e competentes do pós 25 de Abril de 74. Infelizmente, para triunfar nestes meandros da política nacional, ao que parece, não são atributos suficientes. Vejo com bastante agrado uma possível candidatura ao alto cargo da nação ( tão negligenciado ultimamente) que é a presidência da República. Aquele episódio amplamente divulgado nos meios de comunicação, quando tentou atabalhoadamente fazer as contas do PIB em directo, em nada mancharam a imagem que tinha dele. O que não foi divulgado nesse dia, é que ele se encontrava bastante debilitado, nesse dia, por fortes razões pessoais que envolviam familiares seus.
Hermínio Felizardo